ANO NOVO CHEGANDO, E MAIS UMA NOVIDADE!

Oi gente! Vou contar pra vocês um segredinho: aqui não é Wanila, mas eu não tô invadindo não, tá? Já vou explicar.

Há algum tempinho, a Nila me fez um convite que eu, como boa escritora que sou e amante de blogs, não pude recusar. Ela me chamou pra escrever aqui pra vocês e agora eu tenho a honra de dizer que volta e meia vocês verão alguns dos meus textos por aqui, e eu realmente espero que vocês curtam. Mas quem sou eu? Meu nome é Júlia Rabelo e, assim como a Nila, sou mineira. Agora moro no Espírito Santo – e talvez por isso vocês me vejam falando muito sobre praia – e costumo dizer que sou mineira de coração, mas capixaba de alma, e é isso aí.Depois posto pra vocês um textinho sobre a minha pessoa que eu fiz ano passado e aposto que vocês vão gostar de mim (hahaha). Agora eu vou compartilhar um pouquinho da minha boa energia com vocês!

Se me perguntar o que estou fazendo, te direi com propriedade: eu não sei. Eu não sei e nem sei se quero saber. Estou vivendo, estou aprendendo, estou errando, estou curtindo. Estou. Estou porque tudo nessa vida é passageiro e no fim você morre só. Então esteja agora cercado de quem você ama e faça o bem enquanto puder. O máximo que puder. Viva os velhos clichês da vida da forma mais intensa que puder. Aproveite enquanto ainda é jovem e enquanto ainda não tem medos. Já ouviu alguém dizer “vocês jovens são loucos, não têm medo de nada!”, pois bem. Seja louco! Seja insano se não for ferir ninguém. Faça declarações, dê flores, diga eu te amo, faça orações e promessas, sonhe o máximo que puder. Levante cedo da cama e vá sonhar acordado, vá correr atrás desses sonhos. O tempo é curto, tão curto que você nem sabe quando vai terminar. Certo dia ouvi que nossa vida é um ampulheta em que a parte de cima é obscura: você nunca sabe o quanto de areia ainda lhe resta. Então faça bem tudo o que lhe faz bem. Ser feliz é uma das coisas mais simples da vida. Você com certeza pode fazer uma lista, ainda que pequena, de todas as coisas que te fazem sorrir, que te trazem bem ou que te dão prazer, simplesmente. Então faça! Não perca tanto tempo tentando consertar aquilo que só o tempo pode lavar, não perca tempo pensando em como mudar o mundo se você é só uma pequena parte dele. Mude o seu mundo, mude o mundo de alguém! Faça serenatas desafinadas ou dê a alguém um chocolate. Vá passear com seu cachorro ou vá colher amoras nas ruas por aí. Vá, simplesmente, e seja. Seja e esteja, porque você nunca vai saber quando é a última vez.”

É isso aí, galera. Paz!

J. Rabelo

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s