50mm

Canon 50mm 1.8

Olá! Demorei uns dias pra aparecer aqui, mas não: não viajei, não tô de ressaca, não tô curtindo as férias. Tava era sem ânimo pra postar mesmo, mas vamos lá!

O melhor presente que eu ganhei de natal esse ano (e de vários outros anos), foi a 50mm que meu namorado me deu e que já não sai mais da minha câmera. A 50mm é uma lente fixa, clara, barata e a preferida (e mais recomendada) pra quem está iniciando na fotografia. Desde que eu comprei minha câmera (uma Canon T3i) há uns dois anos atrás, estava apenas com a lente de kit, a 18-55, mas já estava à procura de uma lente melhor e mais clara, e todas as pesquisas saíam na mesma resposta: 50mm 1.8.

Canon 50mm 1.8Agora, umas duas semanas depois, já estou um pouco melhor, porém assim que a lente chegou, eu estranhei muito! O fato principal é ela ser fixa (e minha câmera não ser fullframe). Pra quem está acostumado com lentes com zoom como eu estava com a 18-55, pode faze tipo eu e toda hora achar que está perto demais do objeto e querer “tirar o zoom” porém ACORDA, MENINA! A LENTE É FIXA!!! Hahaha, agora se você quiser distância do objeto, precisa se distanciar, o que pode ser difícil se você estiver em um lugar fechado.

Canon 50mm 1.8Mas no geral: eu amei! Por ser uma lente clara, dispensa o uso de flash em muitas horas e você consegue fotografar com uma velocidade maior, o que é ótimo pra objetos em movimento ou quando você não tem um tripé. O preço é amygo porque ela é construída toda em plástico. Isso faz com que a lente seja mais leve e não canse tanto na hora de fotografar, mas também a deixa beeeem mais frágil. Precisa de cuidado!

Canon 50mm 1.8Aqui estão algumas das fotos que eu já fiz com ela. Só não vou encher o post de fotos porque muito provavelmente vou usá-la pra tudo daqui pra frente e vocês vão sempre poder ver fotos feitas com ela por aqui, inclusive amanhã no 7 on 7. Beijo!

Canon 50mm 1.8Canon 50mm 1.8Canon 50mm 1.8Canon 50mm 1.8Canon 50mm 1.8Canon 50mm 1.8

Anúncios

Uma boa tarde.

A tarde da quarta feira 17 de dezembro, foi bem diferente do que eu estou acostumada. Fui encontrar uma amiga que conheci na internê e quando cheguei lá, pasmem, não era um nerd de 40 anos querendo me estuprar, e sim a fofa da Verônica, do The More That You Learn. Uma pessoa incrível cheia de histórias do seu intercâmbio na Austrália pra contar.

BH/VerônicaPassamos um dia ótimo. Nos encontramos no shopping, almoçamos no Outback, comemos o melhor cookie da vida no Mr. Cheney, fomos na loja do Inhotim (queria ser ryca), na Urban Arts que estava com uma exposição incrível dos Beatles (queria ser mais rica ainda), e depois ficamos um pouco na praça da liberdade.

BH/VerônicaBH/Verônica

BH/Verônicabilll

BH/VerônicaBH/VerônicaBH/VerônicaComo eu levei minha câmera e a 50mm pra testar um pouco, fotografei algumas coisas mas ainda estou apanhando bastante da lente. O livro “Carta de amor aos mortos” eu ganhei de amigo oculto e foi meu companheiro de viagem, mas a Verônica ainda me deu de presente o Cidades de Papel e essa vela fofinha de baunilha da Tok & Stock.

BH/VerônicaBH/VerônicaBH/Verônica

BH/Verônica

BH/VerônicaBH/Verônica

BH/VerônicaBH/Verônica

Pra resumir, aqui vão um pouquinho das fotos que fizemos, algumas com o celular.